Dicas do Galo GiganteO que fazer se a chocadeira ficar sem energia?

A princípio, a falta de energia elétrica nas chocadeiras representa uma grande ameaça para os produtores e criadores de aves.

Em geral, esse é um problema menos frequente nas grandes cidades.

No entanto, nas áreas rurais a falta de energia é bastante comum, podendo durar longas horas.

Quando isso acontece, o risco de perda da ninhada é alto.

Afinal, a maioria das chocadeiras comerciais não consegue conservar o calor por muito tempo.

Então, como fazer para evitar esse prejuízo?

Isso é o que você vai descobrir neste artigo.

Daremos algumas dicas úteis que vão te ajudar caso isso aconteça.

Continue a leitura para saber mais sobre o assunto!

O problema da falta da energia para as chocadeiras

Além da qualidade dos ovos, existem outros fatores que influenciam diretamente nos resultados de produção.

Para um processo de incubação eficiente, também é fundamental fazer o controle correto da temperatura no interior da chocadeira elétrica.

Ou seja, manter a temperatura estável e dentro da faixa desejada impacta de forma muito positiva na eficiência da chocagem.

Além disso, há outro ponto que exige atenção: o controle de umidade na chocadeira.

Esse é mais um fator crucial para aumentar a taxa de eclosão dos ovos e consequentemente, a sua rentabilidade.

Portanto, a falta energia elétrica para a chocadeira é de fato preocupante.

A energia elétrica acabou e agora?

Conforme você já sabe, a falta de energia para as chocadeiras significa prejuízo para o criador de aves.

Mas, será que é possível solucionar esse problema?

Confira a seguir, o que você pode fazer para lidar com a falha no abastecimento de energia da chocadeira e evitar a perda completa dos ovos.

Não abra a chocadeira

Embora seja simples, essa é uma medida muito útil de ser tomada durante a falta de energia, principalmente no final da incubação.

Evitar abrir a chocadeira ajuda a manter a sua temperatura interna por mais algum tempo.

Isso porque, durante a abertura, o ar do seu interior entra em contato com o ar de fora.

Com isso, ocorre a perda rápida de temperatura, que pode ser prejudicial aos embriões.

Abasteça o recipiente com água quente

Mantendo a chocadeira fechada, é possível manter a temperatura interna por cerca de 1 hora.

Após esse tempo, é provável que a temperatura resfrie.

Mas, há outra técnica simples que você pode adotar para salvar os ovos.

Basta esquentar a água manualmente e abastecer o recipiente da chocadeira.

Assim, a água vai evaporar e evitar que a temperatura baixe muito.

Caso a energia demore a ser restabelecida, a dica é que você faça isso em intervalos de 1h ou após o esfriamento da água.

Lembrando que, assim como a anterior, essa também é uma medida indicada para a fase final da  incubação.

Faça o resfriamento periódico

Você sabia que alguns criadores usam o método do resfriamento periódico durante a incubação?

Calma! Vamos explicar melhor!

Naturalmente, quando a galinha choca seus ovos, ela precisa deixá-los por diversos motivos, certo?

Durante esse processo, ocorre o resfriamento ocasional, que não é necessariamente prejudicial ao desenvolvimento do embrião.

Por outro lado, se o resfriamento for contínuo, poderá causar uma alta taxa de mortalidade.

Nesse sentido, se sua chocadeira enfrentar uma queda de energia de mais de duas horas durante os primeiros dias de incubação, saiba que o melhor a se fazer é resfriar os ovos.

Para isso, você pode colocar os ovos na porta da geladeira e virados com a ponta para baixo.

Vale ressaltar que isso pode ser feito até o 14.º dia de incubação.

Embora ainda possa haver perdas, é essa é uma maneira de amenizar o problema enquanto a situação não é normalizada.

Utilizar outra fonte de energia

Por fim, outra forma de contornar a falta de energia elétrica é recorrendo a outras fontes como, energia solar ou uma bateria adaptada de 12V.

Desse modo, você consegue segurar a energia em sua chocadeira.

Outra opção é ligar a chocadeira na bateria do carro.

Se esse for o caso, você deve adquirir um adaptador de 12v para 127V.

 

Concluindo, este conteúdo apresentou algumas formas de você, criador de aves, lidar com a falta de energia elétrica.

Devemos frisar que se trata de medidas paliativas, isto é, temporárias e devem considerar as particularidades de cada espécie.

Além disso, dependendo das condições, a falta de energia elétrica pode atrasar o desenvolvimento dos embriões, reduzindo a taxa de eclosão dos ovos em 50%.

Portanto, recomendamos que você faça uma ovoscopia depois de 4-6 dias após a falha de energia.

Agora você já sabe o que fazer quando faltar energia elétrica para sua chocadeira.

Que tal aprender a regular a temperatura e umidade do equipamento?

O Galo Gigante garante que os Ovos de Índio Gigante são mantidos em condições ideais de armazenamento, temperatura e umidade, desde o momento da postura até a sua venda. Além disso, são provenientes de inseminação artificial, de aves sadias, vacinadas e criadas de acordo com padrões de bem-estar animal. Conheça a loja do Galo Gigante.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário